Projeto da venda da Cedae tem duas emendas incorporadas

Rio – Duas emendas foram incorporadas, nesta terça-feira, ao projeto de venda da Cedae. A primeira obriga que o dinheiro obtido com o empréstimo seja usado para quitar a dívida com servidores ativos, inativos e aposentados. “Com essa medida, pouco ou nada restará dos R$ 3,5 bilhões”, diz Cidinha Campos (PDT), autora da emenda juntamente com André Ceciliano (PT). A aprovação do destaque foi antecipada pela coluna Informe do DIA.

segunda emenda, de autoria de Martha Rocha (PDT), diz respeito à tarifa social. Moradores de regiões carentes que não tiverem condição de arcar com o serviço de água continuarão recebendo o benefício sem precisar desembolsar. A medida é possível porque moradores de regiões mais abastadas pagam um valor extra em sua conta de água para subsidiar a tarifa social.

Os dois destaques aprovados foram negociados entre o líder do PDT na Alerj, Luiz Martins, o presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB) e o governador Luiz Fernando Pezão.

FONTE: O DIA online