Governo do Rio e bancos divergem sobre retorno do sistema do crédito consignado

O sistema do empréstimo consignado para servidores e pensionistas do Estado do Rio está próximo de voltar ao normal, de acordo com o governo estadual. As instituições financeiras, no entanto, contestam a informação oficial. Desde o dia 13 de setembro, o funcionalismo não consegue fazer novas operações de crédito com desconto em folha.
Segundo a Casa Civil, a empresa contratada — a Talktelecom — já entregou o sistema pronto aos bancos, e o produto da margem consignável está preparado para rodar.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban), entretanto, afirma desconhecer que a concessão de novos créditos voltará a funcionar. A entidade declarou que a Talktelecom não enviou a documentação completa para os bancos nem liberou o sistema para registros das operações às instituições financeiras.

A Febraban acrescentou que aguarda um retorno por parte do governo sobre as preocupações levantadas pelas instituições financeiras no útlimo dia 15, durante uma reunião feita com a Casa Civil.

Confira a nota na íntegra:

A FEBRABAN e seus associados desconhecem a informação que a concessão de crédito consignado para servidores públicos do estado do Rio de Janeiro será retomada. Os bancos ainda aguardam retorno sobre os pontos de preocupação apresentados em reunião realizada com o secretário estadual da Casa Civil em 15 de outubro deste ano.

Além disso, a empresa contratada para processar os contratos ainda não enviou a documentação completa para os bancos nem disponibilizou o sistema para registros das operações às instituições financeiras.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM