Fazenda espera quitar salários mensais com receita da venda da folha dos servidores

Jpeg

Segundo o subsecretário de Fazenda e Planejamento, o leilão para operação das contas salário dos servidores e de fornecedores vai render cerca de R$ 1,4 bilhão já no início de agosto. Luiz Cláudio Gomes disse que esse valor poderá ser suficiente para colocar os salários em dia. O Estado deve, hoje, R$ 1,061 bilhão somente sobre os salários de maio e junho. A venda, portanto, não vai encerrar a dívida sobre o 13º de 2016.

Um indício ruim até o fim do ano foi o cronograma planejado pela Fazenda para realizar a operação de empréstimo de R$ 3,5 bilhões, que terá como garantia as ações da Cedae. Se na semana passada o governador Luiz Fernando Pezão deu a entender que o empréstimo chegaria em agosto, para a secretaria, os recursos só chegarão em setembro. Isso na melhor das hipóteses.

O Estado conta com os R$ 3,5 bilhões para encerrar o ano com condições de pagar os salários dos servidores em dia, sem ter qualquer pendência.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM