Xô desgosto!

Rio – Luiz Fernando Pezão (PMDB) está esperançoso de que agosto será um mês… a gosto. O governador ficou sabendo sexta que o corpo técnico do Tribunal de Contas do Estado deu parecer favorável à securitização da Dívida Ativa do estado. Com isso, espera, com o aval do restante do TCE, arrecadar R$ 300 milhões a mais em cobranças este ano, saltando de R$ 400 milhões para R$ 700 milhões.

Outros fatores fazem Pezão acreditar que agosto não será desgostoso: o leilão da folha de pagamento dos servidores está previsto para ocorrer quinta. Já nas próximas semanas há a expectativa de que o governo federal coloque em prática o tão sonhado plano de recuperação financeira do estado.

Novo caldeirão?
As diretorias de Flamengo e Fluminense estudam a construção de um estádio de futebol com capacidade para 50 mil torcedores. A ideia é que fique na região da Barra/ Recreio, próximo ao BRT TransOeste.

Trim-trim
Presidente do Rubro-Negro, Bandeira de Mello teve que trocar o número do celular. Ele passou dias sem descanso depois que o antigo fora divulgado na internet.

Dar para receber
O deputado federal Celso Pansera (PMDB-RJ) cobrou do ministro da Defesa, Raul Jungmann, que o governo federal invista em Segurança na Baixada Fluminense. “Se a União investir no setor, a economia do Rio volta a crescer e, com isso, o estado vai gerar mais impostos para a própria União. É um ciclo virtuoso”, disse. Comparando-se os anos de 2014 e 2016, a queda de receita do Rio fez com que o estado pagasse R$ 5 bilhões a menos em impostos.

Preocupante
A coluna é a favor de que se dê publicidade a dados de funcionários públicos — afinal, eles são pagos por nós. Mas um fato merece atenção. Bandidos estão usando um portal do governo estadual para checar se determinada pessoa é policial. Dia desses, um taxista levado para uma favela só foi liberado porque os bandidos não encontraram seu nome no tal site.

Segue
A informação chegou ao deputado estadual Luiz Martins (PDT). Ele enviou um ofício à Secretaria de Fazenda e Planejamento pedindo alteração no portal para preservar nomes de agentes de Segurança.

Vistoria do GNV
O Sindirepa RJ, que representa as oficinas de instalação de gás GNV, apresentará quarta na Alerj um projeto de lei para isentar donos de carros movidos a gás de fazer a vistoria anual no Detran. Diz que os motoristas já são obrigados a fazer vistoria anual, com o mesmo objetivo, no Inmetro.

FONTE: O DIA online