Última parcela do salário de outubro será paga nesta segunda-feira

Rio – Será paga hoje a última parcela do salário de outubro aos servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado do Rio. Com o bloqueio das contas do Tesouro Estadual pela União, a data do crédito acabou sendo adiada, atrasando em uma semana. Pelo calendário inicial, a última parte seria paga no dia 5 de dezembro.

Na sexta-feira, o secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, confirmou que o crédito seria feito até a data de hoje. “Falta uma parcela que deve ser paga de hoje (sexta) para segunda-feira. Tem que terminar o bloqueio”, afirmou Barbosa.
A Secretaria de Fazenda já havia informado no início do mês que não há como informar os valores das parcelas, já que “será um resquício porque a grande parte está paga” e as quantias serão individualizadas.

No dia 2, o estado quitou a folha salarial para 98,1% dos servidores. Segundo a Fazenda, o valor pago representou 96,7% do total da folha líquida de outubro, que é de R$ 2,1 bilhões.

Após o pagamento desses valores, o estado começa a fazer os repasses de duodécimo ao Tribunal de Justiça (TJ-RJ), Alerj, Ministério Público do Rio e Defensoria Pública esta semana. E o crédito do funcionalismo do Executivo será feito logo depois que o governo pagar os duodécimos.

Os salários dos servidores serão parcelados e ainda esta semana a Secretaria de Fazenda vai divulgar este calendário. A expectativa é de que os créditos sejam efetuados após o dia 20, já que esse é o prazo para o Executivo quitar os repasses aos outros poderes.

SALÁRIO

Novembro pago em janeiro

Os servidores ativos da Educação e da Segurança (bombeiros, policiais civis e militares e agentes penitenciários) receberão seus salários integralmente esta semana. Essas categorias têm sido priorizadas nos últimos meses e devem ser as únicas a receber os vencimentos antes do dia 20.

Segundo fontes, os inativos da Segurança também receberão os rendimentos integralmente e, possivelmente, esta semana. Já as demais categorias receberão os salários parcelados, a exemplo do que ocorreu no mês passado.

No calendário divulgado inicialmente pelo Executivo em novembro, os salários de outubro seriam pagos em sete parcelas, com a primeira data no dia 16 do mês passado e a última no dia 5 de dezembro. Mas com os arrestos feitos pela 8ª Vara de Fazenda Pública do Rio e depois o bloqueio da União, esse calendário acabou não sendo seguido.
E se antes já havia previsão de virar o mês sem que os salários fossem quitados, agora emd ezembro a expectativa é a mesma ou ainda pior. O funcionalismo deve entrar janeiro sem a integralidade dos vencimentos.

FONTE: O DIA online