SALÁRIOS DE DEZEMBRO SÃO QUITADOS HOJE

Foto: Halley Pacheco de Oliveira

Funcionários de diversas categorias já receberam o dinheiro no sábado, antes do prazo previsto pelo governo

 

O pagamento do salário de dezembro dos 460 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas do Estado do Rio será finalizado hoje. Funcionários de diversas categorias já receberam o dinheiro no sábado, antes do prazo previsto pelo governo, que era esta segunda-feira. Ao todo, foi depositado R$ 1,6 bilhão pela Secretaria de Fazenda.

Após mais de um ano de angústia do funcionalismo, desta vez, os vencimentos serão quitados em dia, ou seja, no prazo previsto em calendário do governo, que é o décimo dia útil.

O acerto da folha salarial de todo o pessoal do Executivo foi viabilizado com verbas da arrecadação tributária, e também devido à entrada de R$ 900 milhões no caixa fluminense na última quinta-feira. Os recursos são parte do empréstimo de R$ 2,9 bilhões contratado com o BNP Paribas.

De acordo com o estado, a primeira parte, de R$ 2 bilhões, foi depositada em 20 de dezembro de 2017. O dinheiro serviu integralmente para o pagamento do 13º de 2016 e dos salários de outubro de servidores ativos, inativos e pensionistas.

A chegada dos R$ 900 milhões acabou sendo antecipada, já que o prazo previsto no contrato era até 14 de fevereiro. O governador Luiz Fernando Pezão já vinha afirmando que estava em negociação com o banco francês para que disponibilizasse essa segunda parte do empréstimo antes do prazo previsto. E os recursos chegaram aos cofres do Rio no dia 11.

A expectativa do governador é que, tão logo quite todos os débitos com os servidores, não ocorram mais atrasos salariais. Após o pagamento do salário de dezembro, vão restar o 13º de 2017, além do Regime Adicional de Serviço (RAS) e outras gratificações da área de Segurança para serem quitados.

Pezão ressaltou ainda que o reequilíbrio financeiro do estado será alcançado também devido à adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

“Estamos conseguindo regularizar o pagamento dos salários dos servidores após um grande esforço para adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, que vai garantir o reequilíbrio das finanças do Estado”, declarou o governador, em nota divulgada na quinta-feira.

O governador também voltou a afirmar que o funcionalismo será prioridade: “Mais uma vez peço desculpas aos servidores pelos transtornos provocados pela crise financeira que atingiu não apenas o Rio, mas todo o país. Iniciamos agora um período de retomada do crescimento e nossa prioridade continua sendo o pagamento dos vencimentos do funcionalismo”.

 

MAIS DE UM ANO

A angústia do funcionalismo com a crise financeira do Rio se intensificou ainda mais em novembro de 2016. Desde aquele mês, os servidores ativos, aposentados e pensionistas passaram a enfrentar atrasos salariais. À época, o vencimento de outubro foi parcelado em até nove vezes, sendo a folha quitada em 9 de dezembro de 2016. A exceção foram os funcionários em atividade da Educação, todos os vínculos da Segurança, bem como ativos e inativos da Fazenda.

ESTA SEMANA

Em relação ao 13º do ano passado, o governo trabalha com a possibilidade de pagar, ainda esta semana, um grupo de servidores que ganha menos, conforme a Coluna informou na última sexta-feira. O objetivo é alcançar quem tem vencimentos até R$ 4 mil. Para levar a ideia adiante, o governo conta com a arrecadação do IPVA. De acordo com as informações, Pezão quer quitar o abono desses vínculos até o dia 20 (sábado), ou, no mais tardar, até o fim de janeiro.

FONTE: O DIA online