Rio realiza pregão, nesta quarta, para receber bilhões para pagar o que deve a servidores

Após meses de negociações, alterações e ações na Justiça, o Estado do Rio realiza nesta quarta-feira, às 16h, no Palácio Guanabara, o pregão presencial para a contratação do empréstimo de R$ 2,9 bilhões que terá como garantia as ações da Cedae. Será por meio desse pregão que os servidores terão como receber o que é devido pelo Estado — salários mensais, 13º de 2016 e gratificações pendentes.

Até ontem, a Procuradoria Geral do Estado mantinha o alerta contra ações contrárias a realização do pregão que vai iniciar o processo de alienação da Cedae.

— Temos posicionamentos favoráveis do Tribunal Regional do Trabalho, do Tribunal Regional Federal e do Supremo Tribunal Federal. Estamos confiantes de que tudo dará certo — disse o procurador geral do Estado, Leonardo Espíndola.

O governo evita fazer previsões sobre quando terá em caixa boa parte do dinheiro do pregão. Os R$ 2 bilhões previstos de imediato podem ser transferidos já na segunda semana de novembro. Os mais pessimistas apostam no repasse somente para a segunda quinzena do mês.

Tendência é que pregão dure até o início da madrugada

Integrantes do governo projetam que o leilão será demorado. Caso a perspectiva de diversos interessados se confirme, a tendência é de uma longa análise de documentos pela Comissão do Pregão. O anúncio do vencedor, ou dos vencedores, deverá ficar para o fim da noite ou o início da madrugada.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM