Revisão do Plano de Recuperação Fiscal só depende de palavra final de Witzel

Futuro da Cedae também será definido ao mesmo tempo

A revisão do Plano de Recuperação Fiscal do Rio está prestes a ser concluída e enviada ao Tesouro Nacional. Questionado sobre o prazo para que isso aconteça, o secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Carvalho, disse que isso está nas mãos do governador.

Segundo ele, o plano está pronto “sob o ponto de vista técnico”, mas há ainda detalhes a serem decididos por Witzel. “As medidas já estão elencadas, a nota técnica redigida, estamos na fase de decisão do governador. Ele que vai decidir o que encaminhar”.

O plano terá como foco a parte das receitas e ‘convocará’ a participação da União: o estado quer ter direito a fazer a gestão de concessões de energia e do Aeroporto Santos Dumont, como a Coluna mostrou em 31 de maio.

Sobre a Cedae , ele lembrou que a modelagem (de venda) foi estudada pelo BNDES, e que a medida “também está em fase final de decisão”. Ressaltou ainda que qualquer iniciativa voltada à estatal vai implicar no plano de recuperação.

FONTE: O DIA online