Pezão reduz ICMS sobre o diesel e caminhoneiros interrompem greve

Rio – O governador Luiz Fernando Pezão fechou acordo com os caminhoneiros e se comprometeu a reduzir em quatro pontos percentuais (de 16% para 12%) a alíquota de ICMS sobre o diesel no Estado do Rio, equiparando o tributo ao praticado no Estado de São Paulo. Com isso, a categoria decidiu interromper a paralisação no estado por 48 horas e aguardar as negociações em Brasília — poucos minutos depois, houve acordo das entidades que representam a classe com o Palácio do Planalto, com a suspensão da greve por 15 dias. 

O anúncio do governador foi feito em reunião com representantes dos caminhoneiros, na noite desta quinta-feira, no Palácio Guanabara. O encontro foi intermediado pelo presidente em exercício da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), e teve a presença ainda do secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Gomes. 

Pezão afirmou que a redução do diesel será feita por decreto, que deve ser publicado até segunda-feira no Diário Oficial. 

“Hoje foi uma grande conquista para todos nós. Estou atendendo a um apelo já antigo de toda essa categoria de trabalhadores e vi também dentro das nossas finanças… A gente estava perdendo muito embarque de combustíveis aqui para São Paulo. E igualando com a alíquota de São Paulo tenho certeza que a gente vai arrecadar mais e atender ao pleito da categoria”, disse ele em áudio divulgado pelo Palácio Guanabara. 

O governo estadual também estuda mudar o recolhimento do ICMS do setor de transportes de cargas, que passaria a ser cobrado das empresas de transportes e não mais das transportadoras. 

FONTE: O DIA online