Mesmo com atraso do salário, Fasp não pode pedir arrestos para pagar servidores

Diferente dos últimos meses, a Federação das Associações e Sindicatos dos Servidores do Estado do Rio (Fasp) não poderá pedir o arresto das contas públicos com o intuito de pagar os servidores.

Segundo advogado da Fasp, Carlos Henrique Jund, decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) impedem liminares favoráveis a novos arrestos. A Fasp trabalha para que o STF reveja a decisão que autorizou o governo do Rio a pagar os salários até o 10º dia útil. Antes a data definida era o 3º dia útil.
FONTE: EXTRA.GLOBO.COM