Governo do Rio paga, nesta sexta-feira, Segurança Pública e servidores do Degase

Foto: Halley Pacheco de Oliveira

Se cumprir o prometido, o governo do estado pagará, hoje, o salário de novembro da Segurança — policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários. Mais de 118 mil funcionários — entre ativos e inativos — receberão seus vencimentos integrais. Apesar do pagamento, os servidores da área estão preocupados, pois não estão recebendo seus rendimentos em dia, e cobram, também, o pagamento, também de forma integral, dos proventos dos pensionistas vinculados às categorias.

Além dos trabalhadores da Segurança, os servidores vinculados ao Departamento Geral de Ações Socioducativas (Degase) também terão seus vencimentos depositados hoje, de forma integral. O órgão é vinculado à Secretaria estadual de Educação, que conseguiu negociar a liberação dos recursos.

— Recebi a garantia do governador de que vamos pagar os servidores do Degase. Vamos usar os recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Isso tudo só está sendo possível graças à boa gestão do fundo — disse o secretário estadual de Educação, Wagner Victer.

Na última quarta-feira, o governo também quitou a folha de pagamento dos servidores ativos da Educação. Os outros funcionários públicos, porém, serão afetados pelo parcelamento dos salários. O governo prometeu anunciar as datas das parcelas amanhã.

TJ-rj paga 13º salário

Com recursos próprios, o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) deposita, hoje, o 13º salário de serventuários e magistrados. A folha será paga com a utilização de recursos do próprio tribunal. A administração do TJ-RJ aceitou afzer esse pagamento, em função das dificuldades financeiras do Estado do Rio. Os valores serão quitados pelo governo em 2017. A folha deverá gerar um custo de cerca de R$ 250 milhões.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM