Estado do Rio perdeu R$12 bilhões com sonegação de impostos

O volume de sonegação fiscal no Estado do Rio chegou a mais de R$ 12 bilhões no ano passado.

É o que afirma o presidente da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais, Roberto Kupski, com base em dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Segredo

Outro entrave na economia fluminense é a renúncia fiscal.

Segundo Kupski, isso aconteceu devido à pressão de grupos específicos de empresários, fazendo a arrecadação cair ainda mais.

Mas o tamanho do buraco é o segredo mais bem guardado do belo Palácio Guanabara.

“Em relatório apresentado à STN, o estado pediu reserva neste documento, o que impossibilitou verificar o valor total dessa sangria”, lamentou.

Só em 2020

Para o presidente da Febrafite, apenas com o aperfeiçoamento da máquina estatal o Rio poderá dar a volta por cima.

Ele acredita que só a partir de 2020, “o estado começará a recolher 50% do que vem sendo sonegado atualmente”.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM