Estado avalia usar Fundeb para antecipar salário de dezembro dos ativos da Educação

A Secretaria estadual de Educação avalia a possibilidade de antecipar o pagamento do salário de dezembro dos cerca de 80 mil servidores ativos vinculados à pasta no Rio. De acordo com o secretário Wagner Victer, uma avaliação será feita para, se possível, anunciar a antecipação no início da próxima semana.

— Vamos conversar com o governador(Francisco) Dornelles e com a Fazenda para saber se será possível. Ainda é uma possibilidade, mas a Educação já tem os recursos necessários para a folha de dezembro dos seus servidores ativos. Isso foi possível graças à gestão do Fundeb durante o ano — exaltou Victer, que agradeceu o respaldo dado por Dornelles para viabilizar a antecipação.

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) citado por Victer tem sido usado pelo governo do estado para, entre diversos fins, bancar os salários dos servidores ativos.A ideia de Victer é viabilizar a antecipação até 28 de dezembro, último dia útil do ano. Pelo calendário, a quitação será feita em 15 de janeiro, 10º dia útil do mês seguinte ao trabalhado.

Apesar do bom andamento das contas para a Educação estadual, a proposta será analisada pelo governo por beneficiar apenas uma categoria. Entre os integrantes da Fazenda e da Casa Civil, é consenso que não há receita suficiente para antecipar o pagamento a todos os 450 mil ativos, aposentados e pensionistas. Ficará a critério de Dornelles liberar a antecipação para a Educação ou manter o planejamento de pagamento namesma data a todos os funcionários públicos do Estado.

Ontem, áudios circularam entre os servidores alertando para a antecipação do pagamento para todos os servidores.A informação, porém, não foi confirmada pelo governo estadual.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM