Em dez dias, governo estadual concede R$ 16 milhões em isenções fiscais

Foto: Halley Pacheco de Oliveira

Rio – Apesar da crise financeira, o governo estadual concedeu R$ 16,32 milhões em isenções fiscais a empresas de telefonia em dez dias. Quinta-feira, foram R$ 8 milhões para a Claro. No dia 24, R$ 8,32 milhões para a Oi, como o Informe mostrou na quarta. Em outubro, a Justiça proibiu o governo de conceder novas isenções, mas permitiu incentivos nas áreas da cultura e do esporte. Os dois contratos acima foram assinados pelo secretário de Esporte e Lazer, Thiago Pampolha (PDT).

A isenção à Claro envolve o apoio da empresa ao torneio de tênis Rio Open 2017. Segundo o Diário Oficial, o benefício foi proposto pela IMX Holding S/A, fundada em 2011 por Eike Batista. Em 2015, o ex-bilionário deixou a IMX.

Apuração

O deputado federal Ezequiel Teixeira (PTN) pedirá ao Ministério Público do Rio que instaure inquérito para apurar se houve favorecimento às empresas. E ao Tribunal de Contas do Estado que apresente relatório de todas as isenções concedidas pela secretaria.

Novo demais

Filho do prefeito Marcelo Crivella, Marcelo Hodge (PRB) não será candidato ao Senado ano que vem, como se especula. Ele terá apenas 33 anos, e a Constituição determina que postulantes ao Senado tenham, no mínimo, 35 anos.

Candidaturas

Marcelinho, como é conhecido, será candidato a deputado federal. Para o Senado, Crivella e o presidente nacional do PRB (licenciado após virar ministro da Indústria), Marcos Pereira, apostam no senador Eduardo Lopes, que herdou a cadeira de Crivella depois que o PRB ganhou a Prefeitura do Rio.

Conversas da esquerda

Lula (PT) disse ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que vai ao Congresso Nacional pedetista, 18 de março. Nele será discutida a estratégia para a eleição presidencial de 2018. O PDT pretende lançar Ciro Gomes.

“Autodespejo”

Pedro Fernandes (PMDB), que trocará a Secretaria de Assistência Social pela de Ciência e Tecnologia, diz que sua primeira ação será o “autodespejo”. As duas pastas passarão a funcionar no mesmo prédio. Economia de R$330 mil com aluguel.

FONTE: O DIA online