Desde 2016, União já gastou R$ 7,5 bilhões em dívidas não pagas pelo Estado do Rio

De acordo com o , a União já gastou R$ 7,546 bilhões sobre parcelas de empréstimos não pagos pelo Estado do Rio. O valor corresponde ao período de janeiro de 2016 a maio deste ano. Vale lembrar que desde o primeiro semestre de 2017, o governo federal não tem cobrado as pendências em função de uma liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Após a adesão do Estado do Rio, em setembro de 2017, ao regime de Recuperação Fiscal, ficou acordado que as parcelas serão cobradas a partir de 2020, com a incidência de juros.

Em 2016, o Estado teve suas contas bloqueadas pelo governo federal em diversos momentos. Por ser garantidora de diversos contratos de empréstimos, a União tinha a prerrogativa de bloquear a entrada de receita nas contas do Estado até que o valor gasto por ela fosse reposto, o que atrapalhava o pagamento dos salários dos servidores.

Sem a obrigação de pagar pelas parcelas dos empréstimos, o Estado acumulou, somente em 2017, quase R$ 4 bilhões em dívidas quitadas pela União. Até o mês de maio deste ano, o Rio já acumula R$ 1,3 bilhão em pendências pagas.

FONTE: EXTRA.GLOBO.COM