Ajuda da União bancaria só um quarto do necessário para o 13º dos servidores do Estado do Rio

A parte que o Rio vai receber da ajuda de R$ 5 bilhões que a União destinará aos estados e ao Distrito Federal — parte das multas arrecadadas com a Lei de Repatriação de recursos do exterior — quitaria apenas um quarto do 13º salário dos servidores estaduais. O governo precisa de R$ 2 bilhões para pagar o abono.

 

Para quitar tudo, o Rio teria que ficar com 40% do bolo. Todos os outros estados dividiriam 60%. “Mas a fatia não deve ultrapassar 11% ou 12% do valor total. Se o Rio receber R$ 550 milhões, será muito”, estimou Istvan Kasznar, professor de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV).

FONTE: EXTRA.GLOBO.BR